Título do SiteLuiz Alberto Silveira
Ensinamentos que a vida traz
Capa Textos Perfil Livros à Venda Prêmios Contato
Textos
Somos o que somos
Somos o que somos
Luiz Alberto Silveira

Nós somos assim: somos o que somos e sabemos que tudo passa. Colecionamos memórias e aprendemos que a vista na saída é diferente da vista na entrada - na entrada da vida e na saída para onde nosso espírito nos levar. Sentimos agora, no caminho, que amar é tudo e que estar apaixonado pela vida dá sentido à existência. Somos velhos e jovens, crianças e adultos, somos repletos de coisas más e de coisas boas. Sabemos que nossa herança final nos tornará ao universo e se não nos encontrarem em algum lugar, procurem em outro porque estaremos em alguma parte esperando. Eu, igual a você, sou o que sou e sou consequência de um tempo. Sou de um tempo que dá vontade de voltar no tempo sem sair do presente, aprendendo a cada passo, a cada acerto, a cada erro. Sou do tempo que não tem passado porque o passado é minha herança sempre presente. Minha herança é meu presente. Sou do tempo em que se tinha mais tempo e vivo um presente em que ninguém tem tempo. Sou de um tempo em que brincar na rua era o melhor passatempo. Em que se fazia serenata ao luar, se mandava flores, se esperava na porta da escola e que segurar na mão acelerava o coração. Sou de um tempo em que almoçar e jantar com os pais, após a oração, era rotina. Em que as brincadeiras eram diferentes, os olhares clamavam por romantismo, os abraços eram mais apertados e a vontade de estar junto tornava os encontros inesquecíveis. Em que cinco minutos juntos era uma eternidade e que a espera pelo sábado tornava a semana demorada. Mas nem só desse tempo eu sou, porque também sou do agora e vivo as maravilhosas emoções de sentir o que sou: esposo, pai, avô e amigo. Sou o resto do que já fui, a realidade de quem sou e o começo de quem serei. Sou o começo e o fim de mim, de minha experiência terrena. Sou o desejo de quem quer que eu seja mais alguém. Sou a vontade de minhas esperanças e a esperança de tornar-me melhor. Minhas experiências são minha herança de cada jornada que, boas ou ruins, me farão chegar ao que serei. Sou daqueles que acreditam que é preciso ter Deus. Sou daqueles que acreditam que a melhor maneira de realizar nossos sonhos é acordar em direção a eles. Eu sou assim. Sou o que sou. Nós somos assim - somos o que somos.
Luiz Alberto Silveira
Enviado por Luiz Alberto Silveira em 31/05/2021
Comentários
Capa Textos Perfil Livros à Venda Prêmios Contato